Zona Norte de São Paulo

Cquote1.svg Você quis dizer: Acre Paulistano Cquote2.svg
Google sobre Zona Norte de São Paulo
Cquote1.svg Moro em Jaçanã, se eu perder este trem que sai agora às onze horas, só amanhã de manhã... Cquote2.svg
Adoniran Barbosa sobre Zona Norte
Cquote1.svg Que trem? Existe isso por aqui? Cquote2.svg
Morador do Jaçanã sobre citação acima
Cquote1.svg Moro em Santana. Cquote2.svg
Morador da Casa Verde sobre sua residência
Cquote1.svg Eu também! Cquote2.svg
Morador de Brasilândia sobre sua residência
Cquote1.svg Aqui é Zona Oeste, mano! Cquote2.svg
Morador de Pirituba sobre erro de geografia

OrigensEditar

Quando a cidade de São Paulo foi criada, a zelite foi morar na Zona Oeste e no centro, reservaram a Zona Leste para os pobres que tinham que trabalhar para a mesma zelite, e os baianos, que não foram chamados, resolveram formar favelas nas margens das represas da Zona Sul. Mas ninguém queria passar para o outro lado do Rio Tietê, que era um mistério. Aquele esgoto a céu aberto poderia esconder um lugar cheio de monstros, alieníginas e criaturas do inferno, e por isso mesmo a Zona Norte por muitos anos ficou vazia.

Até que um belo dia, os cariocas resolveram introduzir a praga da cidade deles, chamda samba. Como não tinha mais lugar na cidade para alocar as escolas de samba, não sobrou outra alternativa a não ser eles se encherem de coragem e se estabelecerem do outro lado do Tietê. Os vagabunos de outras regiões da cidade gostaram do negócio e alguns resolveram ir morar perto do sambódromo, e assim começou o processo de povoação da Zona Norte.

Os moradoresEditar

Dentre os moradores da Zona Norte, 60% dizem que moram em Santana, 10% dizem que moram "do lado de Santana" e os outros 30% - os que moram em Pirituba e Perus - dizem que moram na Zona Oeste. Não é para menos: ninguém em São Paulo lembra que a Zona Norte existe. É a região menos populosa de São Paulo, e o pouco de gente que existe lá é uma mistura dos favelados da Zona Sul com os manos da Zona Leste - ou seja, gente com quem ninguém se importa. O bairro melhorzinho que tem lá é Santana, e mesmo assim só é lembrado no resto da cidade por ser o maior terminal de pau-de-arara do Brasil: a Rodoviária do Tietê e também os moradores são Filhinhos de papai, Os moradores são folgados sempre falando da ZL sem se dar conta de que eles tem as partes mais pobres de SP ,bando de maluco.

O que existe na Zona NorteEditar

  • Escolas de Samba
  • Pagodeiros
  • Funkeiros
  • Favelas
  • O Rio Tietê
  • O Terminal Rodoviário do Tietê
  • Três Shoppings
  • Mais escolas de samba