Jean-François Champollion

Cquote1.svg Vamos ver... Pirâmide, escravos, escravos e uma Cleópatra com uma bengala na mão. É, ta rolando orgia entre seus servos. Cquote2.svg
Jean-François Champollion traduzindo mais um hieróglifos egípcios com êxito

Champollion escondendo uma Revista Playboy em seu casaco

Jean-François Champollion foi um linguista e egiptólogo francês. Um vagabundo que não tinha mais nada a fazer na sua vida, que decidiu traduzir linguagens egípcias para aprender aonde eles escondem seus grandes tesouros ou descobrir o segredo da imortalidade.

BiografiaEditar

 
Mas o que está escrito por aqui? Pergunte ao Champollion que somente ele é que sabe o que significa essas coisas

Nascido no departamento de Lot, na França, filho de uma extrondosa Puta daquela época. Ainda criança, mostrou um extraordinário talento lingüístico para xingar seus professores em outras línguas, quando tirava zero em provas, sem elas o castigarem por isto.

Com dezesseis anos, dominava uma dúzia de línguas. Com vinte anos, isso incluía o latim, grego, hebreu, amárico, sânscrito, lulanês, miguxês... entre outras Línguas.

Em 1809, se torna professor de História em Grenoble, já que seus pais eram ricos e lhe proporcionaram um curso superior, para que ele fizesse algo na vida. Seu interesse pelas línguas orientais, especialmente o copta, levou-o a se dedicar à tarefa de decifrar os escritos da então recém-descoberta Pedra de Rosetta. Ele passou os anos 1822–1824 não fazendo porra nenhuma, a não ser estar envolvido nesta tarefa, expandindo enormemente os trabalhos de Thomas Young nesta área, que foi a chave para o estudo da Egiptologia, entre outras descobertas, como as oito mil e uns amantes da Cleópatra, o complô que matou Júlio César, escrito em egípcio, as profecias de Nostradamus, que, para os egípcios, era um idiota que falava apenas besteiras, como, por exemplo, dizer que seriam eles os destruidores das grandes florestas do Norte da África, que seu reino cairia perante o poder de Deus... entre outras descobertas realizadas pelo Champollion.