Mudanças entre as edições de "Lógica"

3 bytes adicionados ,  16h42min de 13 de outubro de 2006
sem sumário de edição
A parte mais básica da Lógica é o estudo dos argumentos. O exemplo mais conhecido é o silogismo de [[Sócrates]]:
 
*[[Sócrates]] é homem.
*Todo homem é mortal.
*Logo, todo homem é [[Sócrates]].
 
Os argumentos mal construídos podem se transformar em tautologias ou em [[contradições]]. As primeiras referem-se às falas dos políticos, médicos e apresentadores de tevê, que formulam frases que aparentemente têm conteúdo, mas na realidade nada significam.
182

edições