Mudanças entre as edições de "The Only Hope for Me Is You"

m
Bot: Correções, typos fixed: memso → mesmo, entitulado → intitulado, à um → a um
(+ 4 categories using HotCat)
m (Bot: Correções, typos fixed: memso → mesmo, entitulado → intitulado, à um → a um)
 
{{C|Viu, não é uma música [[emo]], é uma música romântica!|[[Idiota]]|{{PAGENAME}}}}
 
'''{{PAGENAME}}''' é um hit da banda [[My Chemical Romance]], que...''emember me...remember me...''Ah, lembrei, pertence ao álbum [[Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys]] (nome que sem dúvida [[qualquer um]] lembrará de có quando for o pedir em alguma loja). A música foi lançada em homenagem àa um jogador de [[Unreal Tournament]] que por um instante pensou em se matar porque seu [[computador]] (ou, uma carroça [[travesti|travestida]]da de computador) não carregava o jogo. Ficou conhecido pelo mundo como [[garoto alemão doido]], e, o My Chemical Romance decidiu o homenagear, visto que seu comportamento frente ao tal PC lembrou o de [[Gerard Way]] na [[Na Na Na|música cheia de Na's, do mesmo álbum]], quando ele descobriu que era emo.
 
==A música==
[[Arquivo:Gerardwayblond.jpg|thumb|<s>[[Xuxa]]</s> Gerard se admirando após ouvir os singelos xingamentos do [[garoto alemão doido]] durante um show.]]
Gerard Way estava tranquilamente navegando na [[Internet]], após ter perdido o pobre garoto que o fazia companhia e de descobrir que era emo. Eis que no [[YouTube]] encontra um vídeo entituladointitulado ''Garoto Alemão Doido''. Por ser [[alemão]] como o [[Adolf Hitler|Furher de sua tribo]], Gerard decidiu assistir. E ficou sensibilizado com o comportamento irado do pobre garoto, que em entrevistas mais tarde se disse [[fã]] de bandas de [[heavy metal]], como [[Iron Maiden]], [[Megadeth]] e [[Banda Calypso]]. Após o garoto dizer isso, Gerard viu que ele gostava das mesmas bandas que ele (ainda mais o Calypso), e, começou a fazer dessa homenagem algo como um ''hino dos retardados mentais''.
 
[[Gurias retardadas]] pensam que a letra é bonita e é uma declaração de amor à alguém. Geralmente as músicas do My Chemical Romance não se declaram à [[ninguém]], a não ser à [[morte]]. Se {{PAGENAME}} é uma declaração, só se for para o [[garoto alemão doido]], o que poderia causar o fim da humanidade, que já atura [[Ozzy Osbourne|um cara gritando igual macho]], juntar um [[Gerard Way|cara que grita igual fêmea]] e um garoto que grita com voz fina (não, não é o [[Justin Bieber]], é o moleque alemão mesmo). Ou ao menos aumentar em [[666]]% o número de pessoas surdas no mundo.
Eis que Gerard se lembra que conheceu esse garoto, anos atrás, enquanto ele estava fazendo um show <s>e sendo vaiado</s> em [[Munique]]. Ele o chamou de ''viadinho'', com aquele sotaque típico alemão, cheio de [[farofa]] na boca (ou então com um [[salsichão]] mesmo). Isso tinha encantado Gerard, que nunca mais foi o mesmo. Bem que ele tinha [[Cegueira|visto algo]] naquele garoto...
[[Arquivo:Portadaesperanca.jpg|thumb|A visão que Gerard tinha da porta da casa do garoto. Era a única esperança do Gerard...]]
Não demorou muito para Gerard contactar <s>sua amiga</s> seu amigo de longa data, [[Bill Kaulitz]]. Como <s>a mesma</s> o memsomesmo não atendia o celular, a ideia foi ligar para <s>o namorado dela</s> o irmão <s>dela</s> dele, [[Tom Kaulitz]], que providenciou uma estadia caloroooooosa para o [[My Chemical Romance]] na [[Alemanha]]. O plano era conquistar o garoto dando <s>o [[cu]]</s> um PC decente para o mesmo jogar [[Unreal Tournament]], mas ouvindo músicas do MCR, como [[Na Na Na]] e [[Welcome To The Black Parade]]. Quando identificou a casa do garoto, logo bateu na porta do mesmo todo animado, já cantando o início, ''Remember me? Remember me?''. Quando o garoto viu o [[Tokio Hotel]] e o [[My Chemical Romance]] batendo na porta dele com um [[computador]] <s>[[Computador do Milhão|do Milhão]]</s> em mãos, ele pensou:
 
{{C|<s>AAAAAAAAAA SOCORROOOOOOO [[Travesti|TRAVESTI]]S TÃO BATENDO NA PORTA MAMÃÃÃE!!</s> Hey, que legal, vocês serevm pra algo além de irritar o ouvido alheio, me deram um PC! Agora...vão embora seus [[filhos da puta]]!}}
59 680

edições