Mudanças entre as edições de "Lógica"

2 bytes adicionados ,  21h44min de 24 de agosto de 2020
m
Bot: Manutenção
m (Bot: Substituição automática de texto (-=={{Ver também}}== +==Ver também==))
m (Bot: Manutenção)
 
A parte mais básica da Lógica é o estudo dos argumentos. O exemplo mais conhecido é o silogismo de [[Sócrates]]:
[[ImagemArquivo:Lulalalalaalalsdf.jpg|thumb|right|200px|Uma pessoa muito lógica]]
*[[Sócrates]] é mortal.
*Todo homem é mortal.
Os argumentos mal construídos podem se transformar em tautologias ou em [[contradições]]. As primeiras referem-se às falas dos políticos, médicos e apresentadores de tevê, que formulam frases que aparentemente têm conteúdo, mas na realidade nada significam.
 
[[ImagemArquivo:TesteLogica.jpg|thumb|Um simples teste de lógica para testar os seus conhecimentos na área.]]
 
[[Contradição]] é um argumento em que a conclusão contraria as premissas, que por sua vez concordam com a conclusão, o que é um [[paradoxo]], que é a mesma coisa que contradição, entendeu?
61 112

edições