Abrir menu principal

Desciclopédia β

Reign in God

Menina-Pastora-Louca.gif
Este artigo é mantido pelas doações ao Edir Macedo!
Você também pode fazer suas doações e começar a editar, Sr(a). Anônimo.
Jesus Negão fazendo uma visitinha no inferno. Perceba que um dos carregadores é Edir Macedo, o outro o Papa Francisco e o outro foi o Angus Young pagando penitência. Não houve quarto carregador, foi usado o poder de levitação de Jesus Negão nessa parte pra economizar bençãos.

Cquote1.svg Eu sempre soube que eles era poser! Cquote2.svg
Varg Vikernes sobre Slayer

Reign in God foi um álbum de white metal nunca lançado do Slayer gravado em 2012 como pedido de perdão a Jesus Negão por todos os seus álbuns diabólicos, em especial o Reign in Blood, a pedido de Edir Macedo, como forma de talvez salvar a vida do Jeff Hanneman (em vão). Como não deu certo, todo mundo deixou de ser crente na mesma hora (menos o Tom Araya, que continua crente do mesmo jeito). Teve a participação na segunda guitarra de Juninho Afram, esse mesmo, o guitarrista nº 3 do Brasil e também o único suprassumo dos guitarristas crentes desse país que toca alguma coisa além de dó e ré.

HistóriaEditar

O disco foi lançado devido a doença de Hanneman (causada quando ele tentou reproduzir os efeitos do Homem-Aranha nele mesmo e se fodeu), como uma forma de se redimir e quem sabe Jesus Negão fizesse um milagre na vida do Jeff, já que Jesus Negão é sangue bão. Mas não chegou a ser lançado, primeiro porque demorou demais até que a Igreja Universal liberasse a capa, feita após uma Sessão Espiritual do Descarrego, usando a capa original do Reign in Blood, só que colocando o Senhor Negão fazendo uma visitinha no inferno pra beber com Jeremias. Devido a isso, a igreja implicou um pouquinho, também tendo implicado que um dos carregadores dele seria o Papa. Mas a coisa melou mesmo porque Jeff acabou indo conhecer aquele que inspirou o álbum em pessoa e a turma desistiu de tudo.

MúsicasEditar

  • Angel of Light (em homenagem a um usuário da Desciclopédia com um nickname parecido à banda Petra, Jeff recompôs essa música em coma).
  • Piece of Cake (essa foi uma homenagem ao Duke Nukem. Foi uma exigência dos produtores fazer uma canção não-gospel).
  • Necromanicide (cover do Mortification).
  • Altar of Sacrifice (a mesma música, só mudando um pouco a letra pra falar de quando Jesus Negão foi enforcado nu na cruz).
  • Black Jesus Saves (versão em inglês dessa linda canção gospel).
  • Criminally Recovered (falando de quando Jeff abandonou a bandidagem do Morro do Dendê e virou gente decente).
  • Reborn (a mesma música, só que com letras alteradas falando da conversão da banda).
  • Epic (um rock opera feito sobre vida e morte de Jesus Negão, lembrando de que ele bate um bolão, é bola de três dedos e conhece o Beckenbauer).
  • Postmortem (a mesma música, só mudando as letras, falando do dia do juízo final, com participação nos vocais de Marco Feliciano).
  • Raining Glory (primeira canção de thrash metal a se fundir com o forró pentecostal, formando o estilo chamado "Baião de Dois Metal").

Faixa-bônus

Ver tambémEditar