Invasão dos emos à Desciclopédia

Mantenha distância... ALLAHU AKBAR!!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Exploding-head.gif



A invasão dos emos à Desciclopédia foi um conflito armado com muito tiro, porrada e foda-se o resto, tu já sabe.

Invasão emo à Desciclopédia
Tropas Desciclopes lutando na Rússia dominada pelos emos

Tropas Desciclopes lutando na Rússia dominada pelos emos
Informações
Data Ninguém se importa
Local Casa do Caralho
Status ACABOU POHA
Desfecho Vitória da Desciclopédia, nacionalismo e felicidade, Destruição da Metade dos emos
Mudanças
territoriais
Não ti interessa
Intervenientes
Lado Bom da força
  • Desciclopédia
  • Brasil
  • Russía
  • Palestina
Lado Mal da força
  • Emos
  • Estados Unidos
  • Israel
Principais líderes
Lideres Outros Lideres
Forças
Vítimas

O ComeçoEditar

A Invasão se iniciou depois da derrota humilhante dos emos na Guerra da cereja e os emos resolveram planejar sua vingança recrutaram mais de 900 mil emos pra iniciar essa vingança mas eles viram que isso não seria o suficiente então fazendo aliança com judeus e maçons este que comandam grandes nações aumentando ainda mais a força deles e pareciam que tudo estava certo, no dia que ninguém se importa um submarino destruiu o porto de Desciclocity iniciando uma nova guerra que irá definir o destino do mundo e da internet.

A GuerraEditar

 
força aérea dos emos se preparando pra bombardear as cidades da Desciclopédia.
 
Um dos soldados inimigos.
 
Soldados da Desciclopédia defendendo heroicamente seu território.

Após esse ataque iniciou diversas batalhas uma mais sangrenta do que a outra então vamos ver as principais.

Batalha dos PutosEditar

Essa Batalha ocorreu quando as forças lideradas pelo coronel robertov ocuparam a zona leste de Desciclocity no que resultou numa batalha de disputas por prédios, linhas de trem e mansões cada lado trocando tiros, bombas e socos teve uma hora que o coronel robertov canso de ficar lutando e decidiu detonar uma bomba que é capaz de destruir de metade de uma cidade mas quando ele ia ativar a bomba um tiro da artilharia afetou o bunker onde o coronel estava detonando a bomba por sorte a bomba só causou um pequeno tremor em Desciclocity impedindo que a cidade fosse totalmente destruida assim a batalha terminou com a vitória das tropas do bem enquanto metade das tropas do mal recuaram pra não serem encaminhados para a prisão.

Batalha do Polo sulEditar

Após a derrota na Batalha dos Putos o exército viu a maré da guerra mudar drasticamente seus principais aliados na guerra israel e estados unidos estavam em uma situação Israel teve que sair da guerra pelo fato que se iniciou uma revolta na Palestina e os estados unidos abandonaram os emos pelo fato que John biden acabou sendo preso pelos camisas negras de Benito Mussolini e foi colocado na prisão e em seu Lugar William dudley palley no seu líder que passou a apoiar a Desciclopédia e também o brasil passa a enviar armas e suprimentos para Desciclopédia e os emos vendo toda essa disgraça resolvem atacar o polo sul por que lá onde estava a maioria das tropas da Desciclopédia que seriam usadas pra termina a guerra de uma vez e então os emos juntandoo resto da marinha , força aérea e junto com um exército de 50 mil soldados já que o resto tava lutando em outros frontes de batalha resolvem atacar o polo sul pra destruir o exército Desciclope e quando eles chegaram eles estavam em vantagem devido ao suporte aéreo só que a alegria desses cornos durou pouco por que os Desciclopes tinham um canhão antiaéreo que destruiu quase todos os caças e bombardeios dos emos assim os Desciclopes contra-atacarem derrotando todas as forças dos emos e expulsando eles do polo sul.

após isso os emos só se ferraram o fim estava próximo e então eles resolveriam colocar todo o seu exército na capital pra tentar se defender e impedir que as forças do bem vençam eles e o resto da história todo mundo sabe o que aconteceu

O Fim da GuerraEditar

 
O Lider dos emos após a derrota do seu exército

Após um grande batalha ocorrida na capital dos emos eles viram que não tinham mais chances de vencer e então resolveram se render, depois dessa guerra eles não vai tentar nunca mais se vinga de alguém mas mesmo assim alguns deles queriam mas após ouvirem a frase A Vingança nunca é plena mata a alma e a envenena eles decidiram deixar de lado essa burrice de guerrear com os outros e resolveram virar homens trabalhadores na vida.

Ver TambémEditar

v d e h
Invasão dos emos à Desciclopédia quer dizer GUERRA!!!
Batalha de Waterballoon | Grande Guerra Israel-Japão | , , , 3ª + 0,5, , , , , e Guerras Mundiais | Guerras Black-Folk Metal | N-ésima Guerra Mundial | Zerésima Guerra Mundial | Guerra Fria | Guerra Quente | Guerra da Cisplatina | Guerra Bolivo-Brazuca | Guerra de Canudos | Guerra de Canutos | Guerra da Wikipédia | Guerra do Facebook | Guerra do Futebol | Guerra da Cereja | Guerra dos Cem Anos | Guerra dos emos à Desciclopédia | Guerra Mineiro-Fluminense | Guerra do Norte Paranaense | Guerra do Pão-de-Queijo | Guerras Clônicas | Guerras Genpei | Guerra de Travesseiros | Guerra Japão - Irã | Guerra das Malvinas | Guerra dos Seis Dias | Guerra de Troia | e Guerras Cartoonísticas | , e Guerras Gamísticas | Grande Guerra Suwa | Guerra do Pacífico | Guerra Tucano-Petista | Guerra do Balde | Guerra de Pneus | Guerra dos Inscritos | Guerra intergaláctica | Guerra dos Farrapos | Guerra do Paraguai | Guerra dos Imundos | Primeira Guerra Mesozóica | Guerra nas Estrelas | Guerra dos Emboabas | Guerra dos Mascates | Guerra de Bolas de Neve | Guerra de Póing | Guerra do Golfo | Guerra do Ópio | Guerra do Infinito | Guerra dos Trinta Anos | Guerra de Hogwarts | O Grande Crash dos Videogames | Segunda Guerra da Cereja | Guerra do Vietnã | Guerra de comida | Guerra dos Cogumelos | Quarta Grande Guerra Ninja (Naruto) | Guerra Oz-País das Maravilhas | Guerra do Iraque | Guerra da Crimeia | Guerra Mundial Z | Guerra Coxinhas-Mortadelas

Guerras Civis: Guerra de Secessão nos EUA e sua continuação | Roma | Inglaterra | Iugoslávia | Rússia | Espanha | China | Grécia