Abrir menu principal

Desciclopédia β

Christ Illusion

Medinho do escuro.jpg Este artigo trata de um álbum

E você já completou o seu com figurinhas da copa.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Cquote1.svg É meus amigos... depois desse álbum o mundo nunca mais seria o mesmo... Cquote2.svg
Cid Moreira sobre Christ Illusion.
Cquote1.svg Não gostei! Cquote2.svg
Jesus Cristo sobre a representação dele na capa do álbum.
Cquote1.svg Achei ofensivo. Não toquem essa música Cquote2.svg
Um muçulmano qualquer sobre a música "Jihad".
Cquote1.svg Religion is hate, religion is war... Cquote2.svg
Tom Araya num momento filosófico de sua vida.
Cquote1.svg Alguém notou que eu estou de volta? Cquote2.svg
Dave Lombardo sobre Christ Illusion.

Christ Illusion é o nono álbum da banda Slayer. Lançado em 2006, ele marca o retorno de David Lombardino e uma tentativa muito fracassada por sinal de voltar ao som original da banda. A capa do álbum irritou muitos crentes por aí por mostrar Jesus mutilado, rodeado de corpos e com umas pitadas de sangue pra dar aquele tempero especial. Como sempre a banda arranjou polêmica e acabou dando uma cagada legal começando pelas músicas dessa bosta de álbum .

Índice

AntecedentesEditar

 
Tadinho do Jesus... tá dodói...

Depois de David Lombardinho ter deixado a banda para ter experiências sexuais com outros machos refrescar a mente e participar de projetos paralelos ele pediu pra voltar (ou será que foi chamado para voltar? Ah, aqui não é Wikipédia, então continue lendo panaca!) ao Slayer, com saudades das meinhas e demais viadagens que estavam fazendo falta. A banda foi para o estúdio e pensaram em criar esse álbum que iria voltar ao Thrash puro dos anos 80 (ah vai nessa...)

ProduçãoEditar

Aquela velha produção moderna que estraga as músicas desses anos 2000. Ou seja: mais estéril do que homem sem testículos.

RecepçãoEditar

Que recepção? Que pessoa em sã consciência escutaria um aborto musical como esse? Só os fãs e críticos mais alienados gostaram desse álbum.

Conteúdo líricoEditar

Ataques a religião, guerra santa, trauma pós-guerra, catatonia e coisas obscuras que existem na mente de Kerry King.

MúsicasEditar

  • Flesh Storm/Chuvarada de Canivete - Um sonho sadista que Kerry King teve.
  • Catalyst/Catalisador - Araya lembra seus tempos de mecânico e lembra os fãs de sempre trocarem o óleo e checarem o catalisador.
  • Skeleton Christ/Santo Sepulcro - Mais um hino gospel do Slayer.
  • Eyes of the Insane/Olhos de Lêmure - Já viu um? Vai pra Madagáscar então!
  • Jihad/Guerra dos Mulças - Mohammed Abdul Le Jah! Matem os infiéis!
  • Consfearacy/Conferência de Genebra - Conta uma reunião da ONU e nada mais.
  • Catatonic/Caduco - Conta o atual estado do seu avô.
  • Black Serenade/Romeu e Julieta - Ah! O amor é tão belo!
  • Cult/Vamos ao culto? - Slayer pregando o evangelho para os quarto cantos do mundo.
  • Supremist/Estados Unidos da América - Eles pensam que mandam no mundo, mas... é... acho que mandam mesmo, gulp!

IntegrantesEditar

  • Tom Araya - Pastor.
  • Kerry King - Cobrador de dízimo.
  • Jeff Hanneman - Exorcista.
  • Dave Lombardo - Caçador de virgens.