Bodeísmo

Cquote1.svg ZZZZZZZZZZZ... Cquote2.svg
Bodeísta sobre Bodeísmo
Cquote1.svg Ahh... são aqueles que cultuam os bodes... Cquote2.svg
Sheila Mello sobre Bodeísmo
Cquote1.svg Putz... Essa cidade está o maior bode... Cquote2.svg
Turista sobre sua cidade no sábado à noite

Sacerdotisa Bodeísta em um momento sagrado..

O bodeísmo é uma seita que reverencia o sono. Pessoas que dormem muito todos os dias são considerados sacerdotes do bodeísmo.

OrigemEditar

600 milhões de anos depois da criação do Universo, havia só um ser supremo: Inri Cristo. Os humanos que habitavam a terra passar a cultuar essa divindade sagrada com maconha e vinho.

 
O bodeísmo já vem desde o nascimento de cada ser humano e pode ser praticado em qualquer lugar..

Porém, depois dos rituais sagrados, os praticantes sempre ficavam bodiados e dormiam por horas e horas seguidas, daí surgiu o bodeísmo...

AtualmenteEditar

 
É possível praticar o bodeísmo durante o trabalho, mas cuidado para não confundirem com sono.

Hoje, os discípulos do bodeísmo dormem entre 14 e 17 horas por dia. Os cultos de 14 horas são necessários para que Bodeíistas entrem em contato com Inri Cristo através dos sonhos. Atualmente, o sumo-sacerdote é o Púai supremo, que está sempre bodeado e pronto para mais uma sessão de sonoterapia.

RevoltasEditar

Um dos sacerdotes se rebelou contra o Bodeísmo e tornou-se um anjo caído, Insônius Lúcifer Demo Capeta Diabo filho do Cão. Ele encontrou fiéis amantes da cafeína e cocaína, e fundou a seita dos "Acordados Anonimus", que faz oposição aos Bodeístas.

Ver tambémEditar