Arrotologia


Um dos mais renomados professores desse curso.

Arrotologia é o estudo de todos os fenômenos envolvendo o arroto. Criada em 2008 pelo cientista Kudein Kagakaza, criador de outra importante teoria, a da Peidologia.

CriaçãoEditar

Os fenomenos relativos aos sons gerados pelo expelimento de gases por via oral sempre fascinaram e intrigaram o homem (e enojaram as mulheres). Deste interesse inato surgiu em 2008 a ideia de tornar a análise deste fenomeno uma ciência. Desta forma, em 2008, Kudein Kagakaza decidiu criar a Arrotologia, desenvolvendo seus metodos próprios de pesquisa e análise.

MetodologiaEditar

A pesquisa se deu nos seguintes níveis:

Com esses três métodos podemos avaliar qualquer tipo de arroto.

Quais os tipos?Editar

  • Arroto comum: o simples cavalo de 20 dB.
  • Arroto baixo: Um simples pônei.
  • Arroto pra dentro: Educado, porém extremamente prejudicial a saúde. Arrotar faz bem.
  • Arroto fedorento: Arroto seguido de bafo.
  • Arroto solta tudo: Vem junto com o peido.
  • Arroto metralhadora: Blerg, blerg, blerg...
  • Arroto Monstro: Ouvido a 100 m de distância.
  • Arroto vaporizador (também conhecido como ventania): empurra todos diante dele.
  • Arroto vômito: seguido do dito cujo.
  • Arroto em família: contagia todos em volta.
  • Arroto instantâneo: mal tomou a Coca-cola já saiu.
  • Arroto super fodastico mega demolidor: Somente Chuck Norris conseguiu solta-lo, e foi assim que Atlântida sumiu do mapa.
  • Arroto gramático : O qual o arrotante soletra o alfabeto inteiro
  • Arroto mestre : O arroto mais difícil e o mais elogiado por Júris de campeonatos de arroto, os únicos usuários desse arroto até hoje foram Chuck Norris, Marcelo Dourado, Capitão Nascimento e Dercy Gonçalves
  • Arroto pinto :


Existe uma classe extra, o arroto fake, dado como falso, pois todos percebem sua má intenção.